Abn Da Pessoa Com Universo Ao Fundo (2.ª Edição Com Posfácio)
Clique na imagem para ampliar

Abn Da Pessoa Com Universo Ao Fundo (2.ª Edição Com Posfácio)

12,00 €
  • ISBN: 978-989-8828-35-4
  • Depósito legal: 432809/17
  • Edição: 2017
  • Idioma: Português
  • Tipo: Livro
  • Estado: Novo
  • Editora: Companhia das Ilhas
  • Autor: SILVA, LEONOR SAMPAIO DA
Tema: Literatura Portuguesa, Prosa
Colecção: transeatlântico 

Procure o livro que tanto deseja

Selecione a quantidade prentendida, da Livraria que mais lhe convém

Pode encomendar livros em diferentes livrarias

Coloque os seus dados de contato e finalize o seu pedido

Irá ser contatado pelos Livreiros sobre a sua encomenda

Livrarias

Livraria Localização Estado Quantidade
Livraria da Companhia das Ilhas Açores, Lajes Do Pico Disponível -+
  • Descrição

Uma PESSOA é uma criatura humana, sinónimo de deusa, cordeirinho branco, dona do cão, autor de sucesso, homem viril, historiador e pintor do futuro. Possui um ABN – ácido bardonucleico – composto artificial adulterado que reúne moléculas alfabéticas e genéticas determinantes da estrutura física e intelectual da Pessoa; sequência espiralada onde se armazenam as informações azedas necessárias à sobrevivência do organismo em interacção com o meio ambiente, incluindo os organismos propensos a comportamentos exaltados, motivados por caprichos.
Esta PESSOA, possuidora deste ABN, move-se num UNIVERSO – o conjunto de tudo quanto existe, o sistema solar, com os seus planetas, satélites e astros, o mundo, a sociedade ou núcleos microcósmicos de entes auto-suficientes na sua totalidade. Sinónimo de estrela e companheiro de todas as horas, significa que, perante as antenas de uma barata avariando o radar, se deve perguntar: o que é isso comparado com o infinito?
É este o mundo criado por Leonor Sampaio da Silva no seu ABN DA PESSOA COM UNIVERSO AO FUNDO, um conjunto de prosas breves, em jeito de dicionário, que na sua toada “non sense” e bem humorada olha de um modo muito agudo para os nossos pequenos quotidianos e interpela o tempo em que vivemos.

Main Menu